Preparando-se para o parto

 

O parto é uma etapa que pode ser estressante para as futuras mamães (e papais!). Um médico obstetra-ginecologista explica como preparar corpo e mente para esse evento único.

Teste sua maternidade

Por que você não faz uma lista de tudo que a maternidade ideal deveria ter?  Você se sentiria melhor numa estrutura menor ou num hospital maior com uma unidade obstetrícia, um departamento de neonatologia e uma unidade de ressuscitação neonatal que possa cuidar de gravidezes de alto risco e recém-nascidos com problemas sérios? “A maternidade ideal para você pode não ser aquela mais próxima de sua casa. Fale com seu ginecologista e diga a ele o que você quer. Visite algumas e veja como você é recebida lá”

 

Pense sobre aulas de preparação para o parto

Começando no 7° mês de gravidez, futuras mamães e papais podem ter aulas preparatórias para falar sobre o momento de dar à luz, amamentação, cuidados com o bebê etc. Esse treinamento terapêutico “permite aos futuros pais planejarem com antecedência e evitar o pânico”.

 

A chave para estar calma é estar preparada

 

No início do 9° mês de gravidez, recomendo planejar as próximas semanas para não se estressar nos minutos finais. Eu também posso prescrever uma receita ao pai, porque ele também tem de estar calmo”. Os pais também podem visitar a maternidade para se certificarem de que sabem qual a localização da sala de espera ou treinar o percurso até lá para não se perderem ou terem atrasos, no grande dia

 

Guarde suas energias e peça ajuda

 

É importante evitar pessoas e encontros que possam causar estresse. A homeopatia também pode ajudar a acalmar com tratamento personalizado. “Se uma mulher tem sintomas dolorosos ou está estressada durante a gravidez, seu útero pode se contrair quando o trabalho de parto começar. Outras podem ficar assustadas, trêmulas, e com medo de ir ao hospital quando chega a hora. Num caso desses, o médico pode prescrever um tratamento apropriado para evitar espasmos musculares e sintomas psicossomáticos durante o 9° mês de gravidez”.

arriver-sereine-accouchementmask

Preparando o seu corpo

O médico também pode prescrever a homeopatia no 9° mês ou quando você entrar em trabalho de parto, se as contrações não forem fortes o suficiente. “A homeopatia não vai aliviar a dor, mas vai ajudar a preparar o útero para as contrações, reduzindo o risco de trabalhos de parto longos ou falsos. Com um tratamento adequado, o útero tem uma chance melhor de se abrir facilmente.” 

Também não há contraindicações para esse tratamento. A homeopatia é considerada uma terapêutica segura para a mãe e o feto desde que acompanhada da prescrição do médico, e não há relatos de efeitos colaterais ou risco de dependência. Não hesite em conversar com seu médico ou farmacêutico.

O grande dia

Na sala de parto, o medicamento homeopático também tem um papel importante. “Não há nenhum protocolo rígido para se dar à luz. Há um número de tratamentos possíveis dependendo da paciente e de como ela se sente”. Se for uma cesariana com hora marcada, “o médico pode prescrever medicamentos homeopáticos pré-operatórios no dia antes e outro medicamento para acalmar a ansiedade da mãe”.  Se você está sendo induzida a entrar em trabalho de parto porque passou a data prevista, o tratamento “pode ajudar a regular as contrações”. Mas independentemente da situação o princípio da homeopatia é de que todo indivíduo é diferente. “Mesmo que a mecânica de dar à luz seja a mesma, cada paciente é diferente. A homeopatia nos permite levar em conta essas diferenças”, conclui o obstetra-ginecologista. É por isso que é tão importante falar com um profissional da saúde que é treinado em homeopatia, que será capaz de recomendar o tratamento correto para você.

gravidez

Compartilhe :

Facebook
Linkedin
test@tes.fr

LEIA TAMBÉM